Funerais de polacos mortos na fronteira com a Ucrânia

A Polónia organizou este fim-de-semana os funerais dos dois homens que perderam a vida na explosão de um míssil numa aldeia perto da fronteira com a Ucrânia, na passada terça-feira.

A Polónia, a NATO e os Estados Unidos acreditam que o projétil será proveniente de uma bateria antiaérea ucraniana, o que é rejeitado por Kiev, embora responsabilizem a Rússia, em última instância, devido à invasão da Ucrânia.