Funeral de ativista ucraniano morto em combate reúne centenas de pessoas em Kiev

Centenas de pessoas se reuniram no Mosteiro de São Miguel das Cúpulas Douradas, no centro de Kiev, neste sábado (18), para assistir ao funeral de um ativista ucraniano morto em combate no leste do país. Roman Ratuchny foi um dos líderes do movimento pró-europeu na Praça Maidan, em 2013.

O jovem de 24 anos morreu em 9 de junho perto de Izium, na região de Kharkiv, onde as forças ucranianas lutam contra o Exército russo que invadiu o país em 24 de fevereiro.

Rauchny foi um dos primeiros estudantes a protestar na Praça da Independência, no final de 2013, onde mais tarde se iniciou o movimento de protesto pró-europeu, conhecido como Euromaidan. Essa mobilização levou à saída do então presidente, o pró-russo Viktor Yanukovych, em 2014.

"Embora eu não o conhecesse pessoalmente, senti (sua morte) como uma perda, porque quando estava formando minha visão de mundo, ele foi alguém que influenciou minha visão e ajudou a construir a pessoa que sou agora. Roman era o tipo de pessoa que poderia ter mudado muitas coisas em nossa sociedade", disse Alina Horhol, uma estudante que participou da cerimônia.

Zelensky visita região vizinha à ocupação russa

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, que raramente viaja para fora da capital do país, Kiev, desde o início da invasão russa, fez neste sábado (18) sua primeira visita à cidade de Mikolaiv, no sul da Ucrânia.

Um vídeo divulgado pela Presidência ucraniana mostra Zelensky neste sábado inspecionando um edifício residencial bastante danificado. No prédio, há um grande buraco, através do qual é possível ver o interior dos apartamentos.


Leia mais

Leia também:
Ucrânia: Biden anuncia nova ajuda militar de US$ 1 bi e Otan discute intensificar apoio a Kiev
Em visita a Kiev, Macron, Draghi e Scholz reafirmam apoio europeu a Volodymyr Zelensky
Comissão Europeia apoia candidatura da Ucrânia à adesão à UE; decisão divide países-membros

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos