Fuselagem de avião que caiu com Marília Mendonça será levada para o Rio; motores ficarão em SP

·1 min de leitura

RIO - A fuselagem e as asas do avião que caiu com a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas, serão encaminhadas à base aérea do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Os destroços passarão por novas perícias do Seripa III, órgão vinculado ao Comando da Aeronáutica e responsável por investigar as causas do acidente.

Já os dois motores, que foram retirados de locais de difícil acesso por equipes Cenipa e de uma empresa de guincho particular resgataram, serão levados para Sorocaba, no interior de São Paulo, na próxima quarta-feira. A empresa, contratada pela PEC Táxi Aéreo, dona da aeronave que caiu, iniciou a retirada das peças no sábado, mas só conseguiu concluir o serviço na tarde desta segunda.

A Polícia Civil de Caratinga, cidade no interior do estado de Minas Gerais, recolheu materiais perícias nesta segunda-feira. Ao G1, o delegado regional da Polícia Civil de Caratinga, Ivan Lopes Sales, informou que um dos motores foi encontrado um cabo enrolado em uma das hélices do avião. No entanto, não era possível afirmar que o cabo é o que se rompeu na torre de transmissão de energia da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

A assessoria de imprensa da cantora Marília Mendonça, que foi vítima de um acidente aéreo na última sexta-feira, dia 5, divulgou algumas informações sobre a tragédia nesta segunda-feira. Segundo a equipe, o avião em que a artista viajava pertenceu a dupla Henrique e Juliano antes de ser vendido à empresa PEC Táxi Aéreo.

"Aeronave: Henrique & Juliano venderam a aeronave de modelo C90A, número de série LJ-1078, pouso convencional 2 motores turbo-hélice em 09 de julho de 2020 para empresa PEC TÁXI AEREO. É possível consultar o cadastro no registro aeronáutico brasileiro", informa a nota da assessoria.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos