Futura líder da UE modifica nome de comissão polêmica

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, discursa durante a sessão plenária do Fórum de Paz de Paris

A futura presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, modificou o nome da polêmica comissão "Proteger nosso estilo de vida europeu", que coordenará as políticas migratórias, para "Promover nosso estilo de vida europeu, anunciaram diversas fontes.

"Por uma proposta de (a líder da bancada socialista europeia) Iratxe García, a pasta mudará para Promover nosso estilo de vida europeu", anunciou o grupo político, uma informação confirmada por uma fonte da Comissão Europeia.

Os socialistas, assim como outros grupos, transformaram a mudança de nome da pasta em uma das condições para apoiar na Eurocâmara a futura Comissão, que deve iniciar seu madato no dia 1 de dezembro.

Von der Leyen, que havia justificado o nome como uma forma de não deixar nas mãos de "forças antieuropeístas" o "estilo de vida europeu", recuou depois das críticas de que usou a "retórica da extrema-direita".

O grego Margaritis Schinas, à frente da pasta, será o responsável por coordenar as políticas migratórias do bloco, assim como as de proteção de fronteiras, juventude e cultura, entre outros.

Os socialistas também anunciaram mudanças em outros nomes: a pasta de Empregos também receberá Direitos Sociais; e a do Meio Ambiente e Oceanos a denominação de Pesca.

Os eurodeputados devem se pronunciar sobre a futura Comissão em seu conjunto em 27 de novembro.