Futura ministra da Ciência busca retomar diálogo com reitores federais

*ARQUIVO* São Paulo, SP, 03-10-2022: O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, participam da reunião de coordenação da campanha da Coligação Brasil da Esperança, no Hotel Gran Mercure. Na foto Luciana Santos presidente do PCdoB. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
*ARQUIVO* São Paulo, SP, 03-10-2022: O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, participam da reunião de coordenação da campanha da Coligação Brasil da Esperança, no Hotel Gran Mercure. Na foto Luciana Santos presidente do PCdoB. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - A futura ministra da Ciência e Tecnologia, Luciana Santos, reúne-se nesta quarta-feira (28) na sede do governo de transição, em Brasília, com reitores de universidades federais.

A ideia é retomar o diálogo, que ficou paralisado durante o governo de Jair Bolsonaro. Em diversas ocasiões, ministros responsáveis pela área, como Abraham Weintraub (Educação) referiram-se às instituições de ensino superior como antros de esquerdismo e consumo de drogas.

Neste primeiro contato, a futura ministra se dispôs a ouvir os pleitos dos reitores e discutir questões como financiamento à pesquisa científica nas universidades.