Futuros de eurodólar indicam ápice do aperto monetário pelo Fed em meados de 2023

·1 min de leitura
Notas de dólar norte-americano são vistas na frente de um gráfico de ações nesta ilustração de imagem de 7 de novembro de 2016. REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração/

Por Gertrude Chavez-Dreyfuss e Davide Barbuscia

NOVA YORK (Reuters) - Os operadores de futuros de eurodólar, que refletem perspectivas para a taxa de juros dos Estados Unidos nos próximos anos, apostaram nesta sexta-feira um pico do ciclo de aumento dos juros pelo banco central dos EUA em patamar mais alto e três meses mais cedo do que o esperado.

Operadores de futuros de eurodólar projetaram a chamada taxa terminal, a partir da qual para de subir, em 3,65%, que é o rendimento implícito para o contrato futuro de eurodólar de junho de 2023. O juro embutido está acima da taxa de 3,4% da quarta-feira.

Operadores disseram que o rendimento implícito pode ser uma "proxy" da taxa básica, a taxa que os bancos cobram uns dos outros por empréstimos de um dia para atender às reservas exigidas pelo banco central dos EUA.

Esse aumento foi motivado pelos comentários "hawkish" (duros contra a inflação) do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, na quinta-feira, disseram analistas.

Os futuros de eurodólar agora apontam que a taxa básica permanecerá acima de 3% até 2025. A última vez que as Fed Funds estiveram em 3% ou mais foi de 2005 a 2008.

O ciclo anterior de alta da taxa pelo Fed, em 2018, atingiu seu pico na faixa entre 2,25% e 2,5%.

A inflação implícita para dez anos bateu 3,1105% na quinta-feira, máxima desde pelo menos 2004, de acordo com dados da Refinitiv.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos