Confronto entre policiais e talibãs termina com 10 mortos no Afeganistão

Cabul, 12 mar (EFE).- Pelo menos oito policiais afegãos e dois talibãs morreram nesta quinta-feira durante uma emboscada dos insurgentes contra as forças de segurança na província de Takhar, no nordeste do Afeganistão.

O ataque aconteceu no distrito de Khwaja-Ghar, segundo afirmou à Agência Efe um porta-voz do governador provincial, Sanatullah Timori, que assegurou que entre os agentes mortos havia um comandante da polícia.

"Quatro policiais morreram no local do ataque e outros quatro com um tiro na cabeça depois que os talibãs os transferiram para um endereço desconhecido", esclareceu o porta-voz.

De acordo com Timori, os talibãs sofreram várias baixas nos últimos meses na região e agora tentam vingar-se da polícia com este tipo de emboscada.

O número de baixas entre a polícia e o exército afegão começou a aumentar à medida em que as tropas internacionais presentes no Afeganistão cederam o controle da segurança do país a seus colegas afegãos, um processo que terminou em dezembro de 2014.

No entanto, embora a Otan tenha finalizado então a sua missão de combate no Afeganistão, a Isaf, esta foi substituída em janeiro pela operação Apoio Decidido, com cerca de 4.000 soldados em tarefas de assistência e capacitação dos corpos de segurança afegãos.

Por outra parte, os Estados Unidos mantêm sua missão "antiterrorista" de combate no Afeganistão com cerca de 11.000 soldados, que devem permanecer no país até 2016, embora Washington esteja repensando os termos e a duração dessa operação. EFE

Carregando...