Gabigol grava com Faustão, relembra infância pobre, comenta postura em campo e fala de bênção de Zico

Gabriel Barbosa, o Gabigol do Flamengo, gravou o “Faustão na Band” esta semana. Durante o quadro “Churrascão do Faustão”, o craque se emocionou com o depoimento do pai sobre as dificuldades que enfrentaram na vida. Quando ele estava começando no futebol, ainda criança, muitas vezes voltava a pé para casa após os treinos porque a família não tinha dinheiro para os três ônibus:

— Meu pai inventava de chutar latinhas no caminho só para a gente não perceber a distância e o tempo.

Entrevista: Tadeu Schmidt fala sobre a filha Valentina ter se declarado 'queer'

E mais: Tony Ramos comenta sua popularidade e fala do casamento de mais de 50 anos

Gabigol também comentou sobre sua postura durante os jogos:

— Dentro de campo acontece muita coisa, e você precisa tomar partido. Eu sou um cara que tenho personalidade para isso. Se tiver que falar alguma coisa, fazer alguma coisa, eu vou fazer. Se eu errar, vou pedir desculpas. Mas me omitir eu não vou.

Ele disse ainda que o grande ídolo do Flamengo sempre será Zico:

— Antes de usar a camisa 10 eu fui pedir a ele. E o Zico me deu a bênção.

Cris Dias, apresentadora do "Band esporte clube", e o compositor Thales Lessa também estarão no programa. Vai ao ar no próximo dia 2.