Gabigol pode quebrar jejum de jogadores do Flamengo sem gol na Seleção; relembe o último

·1 minuto de leitura

Ironia do destinou ou não, o clube carioca que tem “colecionado” títulos nas últimas temporadas enfrenta um jejum: há quase dez anos, um jogador do Flamengo não marca um gol pela Seleção. A última vez foi uma cobrança de falta, de Ronaldinho Gaúcho, em um amistoso contra o México, em outubro de 2011.

Agora, os holofotes se direcionam a Gabriel Barbosa, o Gabigol, craque atual do rubro-negro carioca. No elenco desde 2019, o artilheiro faz jus ao apelido que carrega e já marcou 85 gols no time. Em abril, ele se tornou o principal artilheiro do clube no século XXI.

— É muito bacana, é uma marca expressiva. Divido com meus companheiros que fazem a bola chegar a mim e aos goleiros que treinam comigo durante a semana. Joguei com ele (Renato Abreu) no Santos. Com tão pouca idade, bater esse recorde me deixa feliz. Espero bater mais — declarou ele, ao atingir a marca.

Convocado por Tite, ele pode protagonizar o grande momento na partida contra o Equador, nesta sexta-feira, em Porto Alegre, pelas nas Eliminatórias Sul-Americanas.

Esta será sexta partida dele na Seleção e segunda com o manto rubro-negro; a primeira foi em um amistoso contra a Nigéria, em 2019, em que não realizou nenhum gol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos