Gabigol se torna o 19º jogador a marcar 100 gols pelo Flamengo e atinge feito de nomes como Zico e Romário; veja raio-X

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Ao fazer gol diante do Bahia, nesta quinta-feira, no Maracanã, Gabigol mudou de patamar no Flamengo. O camisa 9 chegou a 100 gols pelo rubro-negro e se tornou o 19º jogador da história do clube a atingir esta marca. De quebra, entrou para uma galeria em que estão nomes como Zico e Romário.

— Acho que desde que cheguei no Rio e no Flamengo, minha vida tem acontecido fatos históricos. Acho que 100 gols são algo inimaginável para mim. O último que bateu isso foi meu parceiro Romário. Mandar um beijão para ele. Agradecer ao Flamengo, meus amigos, meus companheiros. Esse momento vai ficar marcado na minha vida — declarou o camisa 9, após marcar o pênalti na partida contra o Bahia.

O gol de número 100 acontece na partida de número 142 de Gabigol pelo Flamengo. Fluminense e Santos são as maiores vítimas do artilheiro rubro-negro, que marcou sete gols contra cada um. Os líderes de assistências para os gols do camisa 9 são Arrascaeta e Bruno Henrique, que deram 13 e 12 passes para ele, respectivamente.

Gabigol é apenas o 19º jogador nos quase 126 anos de história do clube a atingir o feito. Antes dele, Nonô, Alfredinho, Jarbas, Leônidas da Silva, Pirillo, Zizinho, Durval, Esquerdinha, Índio, Dida, Henrique, Joel, Evaristo, Zico, Tita, Adílio, Bebeto e Romário chegaram à marca.

O camisa 9 também igualou Renato Abreu como um dos maiores artilheiros do clube em Campeonatos Brasileiros. Os dois agora estão empatados em terceiro lugar na lista de maiores goleadores do rubro-negro na competição, com 40 gols. Logo à frente deles está Bebeto, com 41. E lá longe, na liderança da lista, está Zico, com incríveis 135 gols.

Gabigol já tem 30 gols anotados nesta temporada, dois a mais que na anterior e com menos jogos disputados. Ele vem tendo a maior média da carreira, com aproveitamento de 0,78 gol por partida na temporada, superando até mesmo 2019 o desempenho de 2019.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos