Gabily revela surdez parcial em um dos ouvidos: "Não tinha dinheiro para tratar "

Gabily em evento em São Conrado (Victor Chapetta / AgNews)
Gabily em evento em São Conrado (Victor Chapetta / AgNews)

A funkeira Gabily revelou ao público que é parcialmente surda de um dos ouvidos, e que precisou aprender outras habilidades para socializar normalmente e trabalhar sem problemas.

"Descobri quando eu estava com 6 anos de idade, já na escola. Meu pai percebeu porque sempre que eu ia falar ao telefone, colocava o aparelho no ouvido esquerdo. Quando eu tentava passar para o direito, só ouvia bem se estivesse num lugar silencioso. Se falassem comigo pessoalmente num lugar barulhento, como na igreja que eu frequentava, não ouvia nada", explicou.

A cantora explicou que a família na época não podia bancar um tratamento caro, e que a surdez é progressiva. "Na época não tínhamos dinheiro para o tratamento, e acabei crescendo assim. Hoje tenho 15% de audição no ouvido direito e escuto cada vez menos".

Preconceito

Gabily escolheu se dedicar ao funk desde adolescente, e explicou que mesmo após a fama, continua sofrendo preconceito pro ter decidido se dedicar exclusivamente ao gênero.

"Sofro bastante preconceito ainda. Somos vistas como uma mulher de menos valor. Quando me apresentei nesse ano no Prêmio Multishow, estavam gravando na plateia e saíram vários comentários ao fundo do vídeo. 'Essa daí só sabe rebolar' ou 'só canta putaria'", lamentou ela.

Gabily explicou que parou de se incomodar, e que aprendeu que terá que lutar com mais empenho para conseguir o que deseja. "Comentários tirando meu mérito de estar numa premiação importante por conta do meu trabalho. Acontece direto, é uma coisa bem comum, mas não me chateia mais. Eu costumo não levar mais para o coração. Eu sei qual é a minha missão de estar aqui, se Deus quiser vou deixar meu legado", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos