Gabinete da China diz que promoverá transformação da economia digital

·1 min de leitura

Por Redação Pequim

(Reuters) - O gabinete da China divulgou nesta quarta-feira um plano para o desenvolvimento da economia digital do país, com o objetivo de aumentar a participação desse setor no PIB, impulsionando tecnologias como 6G e grandes centros de dados.

O Conselho de Estado estabeleceu várias metas para 2025, com destaque para o aumento da quota da economia digital no PIB nacional, de 7,8% em 2020, para 10% em 2025.

Outras metas incluem acelerar a construção de grandes centros de dados e aumentar o número de usuários de banda larga gigabit, a velocidade de conexão mais rápida disponível, de 6,4 milhões em 2020 para 60 milhões em 2025.

O Conselho de Estado também apontou questões estruturais na economia digital da China que precisam ser abordadas.

"O desenvolvimento da economia digital da China também enfrenta alguns problemas: a falta de capacidade de inovação em áreas-chave... os recursos de dados são enormes, mas o potencial não foi totalmente liberado; o sistema de governança da economia digital precisa ser melhorado", diz o documento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos