Gabriel Jesus também se manifesta contra o racismo pela internet


O atacante Gabriel Jesus, do Manchester City, da Inglaterra, aumentou o coro de esportistas que se manisfestaram contra o racismo. Pelas redes sociais, o brasileiro compartilhou uma imagem de um protesto com uma faixa escrita "vidas negras e faveladas importam".

As manifestações acontecem depois da morte de um homem negro por um policial branco em Minneapolis, nos Estados Unidos. George Floyd, de 46 anos, foi imobilizado e torturado por Derek Chauvin e morreu por asfixia, segundo revelou a autópsia.


Gabriel Jesus foi criado no bairro Jardim Peri, na zona norte de São Paulo.