"Galã do Tinder": vítima revela ter perdido R$ 100 mil para golpista

Golpista conhecido como
Golpista conhecido como "Galã do Tinder" foi preso em São Paulo - Foto: Reprodução
  • Golpista conhecido como "Galã do Tinder" foi preso na última semana em São Paulo

  • Ele fazia vítimas após conhecê-las em aplicativos de relacionamento e engatar namoros

  • Uma das vítima revelou que perdeu R$ 100 mil para o criminosos

Preso na última semana em São Paulo, Renan Augusto Gomes, mais conhecido como "Galã do Tinder", tirou R$ 100 mil de uma de suas vítimas.

A mulher conversou com o programa Fantástico, da TV Globo, e relatou o prejuízo após aceitar ser sócia do golpista em uma suposta loja de celulares.

Como em outros casos, Renan disse à mulher que, por mais que tivesse um emprego fixo em uma empreiteira, queria mudar de vida. Para isso, pedia dinheiro para abrir uma loja de celulares, afirmando que a vítima receberia parte dos lucros sem trabalho nenhum.

Uma das mulheres não só acreditou na história, como desembolsou R$ 100 mil em dinheiro vivo para o criminoso. Ela mostrou à reportagem do Fantástico uma conversa que teve por celular com Renan.

"Eu nunca ganhei tanto dinheiro, tantas vezes", disse, após a promessa do suspeito. "A hora que você começar a ganhar também... Você vai ganhar, está com metade da loja", respondeu o rapaz.

Com a mesma história, Renan convenceu uma segunda vítima a desembolsar R$ 16 mil na suposta loja de celulares, que ela havia arrecadado com parte de uma rescisão após deixar seu emprego.

"Recebe sua parte, fica de boa. Enquanto a loja estiver comigo, você vai ter sua parte", disse a ela o criminoso.

Entenda o caso

Renan foi preso na última quinta-feira (22) na Zona Oeste de São Paulo, após uma perseguição em alta velocidade pelas ruas de Pirituba, na qual chegou a bater em três carros.

Segundo a polícia, o suspeito criava perfis falsos em aplicativos de relacionamento, identificando-se como Augusto Keller, e procurava mulheres de classe média alta.

Após se encontrar com elas, engatava um relacionamento e até conhecia seus familiares. Com o passar do tempo, porém, pedia dinheiro emprestado, alegando problemas financeiros ou o desejo de iniciar um novo negócio.

Depois de conseguir a quantia das mulheres, desaparecia, deixando-as com as dívidas milionárias. Segundo a polícia, especula-se que ele tenha conseguido cerca de R$ 200 mil por meio dos golpes, com pelo menos cinco mulheres.