Galáxia a 25 milhões de anos-luz da Terra é identificada pelo Hubble

Telescópio Espacial Hubble identificou uma galáxia anã irregular localizada a 25 milhões de anos-luz da Terra em Áries (url: https://science.nasa.gov/science-red/s3fs-public/styles/large/public/thumbnails/image/Hubble-sm.png)
Telescópio Espacial Hubble identificou uma galáxia anã irregular localizada a 25 milhões de anos-luz da Terra em Áries (url: https://science.nasa.gov/science-red/s3fs-public/styles/large/public/thumbnails/image/Hubble-sm.png)
  • Hubble identificou galáxia de estrutura diferente a 25 milhões de anos-luz da Terra;

  • NGC 1156 recebeu o apelido de "galáxia florida" por seu núcleo de estrelas mais velhas e mais vermelhas;

  • Astrônomos classificaram a NGC 1156 como uma galáxia anã irregular.

Uma galáxia anã irregular, localizada a 25 milhões de anos-luz da Terra em Áries, foi identificada no final de agosto pelo Telescópio Espacial Hubble. Chamada de NGC 1156, ela tem uma estrutura única diferente da maioria das outras galáxias.

A Agência Espacial Europeia (ESA), parceira na missão que identificou a nova galáxia, descreveu a descoberta: "Milhares de estrelas brilhantes evocam uma galáxia espiral, mas falta a estrutura distinta de 'redemoinho'. A galáxia elíptica e seu núcleo são estrelas mais velhas e mais vermelhas". Por esse motivo, a NGC 1156 recebeu o apelido de "galáxia florida".

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 MinutoAs flores vermelhas brilhantes espalhadas pela imagem representam regiões de intensa formação estelar, alimentando a extrema energia da galáxia. Fluxos de gás hidrogênio ionizado dessas estrelas jovens emitem um brilho vermelho.

A galáxia recém-descoberta tem um centro densamente repleto de gerações mais antigas de estrelas. Suas estrelas mais jovens não estão contidas nos braços espirais conspícuos que orbitam a galáxia. Por não ter qualquer tipo de forma distinta – nem uma estrutura espiral nem uma elipse – os astrônomos classificaram a NGC 1156 como uma galáxia anã irregular.

Registros recentes do Hubble

O telescópio espacial Hubble registrou recentemente uma imagem que apresenta a enorme escuridão do espaço dotada de brilhos de galáxias. No registro, estão presentes estruturas espirais e irregulares, ambas na constelação de Hércules.

Apesar de galáxias geralmente serem classificadas como espirais ou elípticas, a imagem do Hubble possibilita uma nova variedade de classificações possíveis.

É o caso de galáxias dotadas de um núcleo galáctico ativo luminoso e das que desafiam os dois formatos mais comuns.