GameStop: dois senadores americanos pedem respostas à Wall Street

·2 minuto de leitura
Investidores amadores têm como alvo ações de empresas, incluindo a GameStop, que foram "vendidas a descoberto"

Os senadores progressistas dos Estados Unidos Bernie Sanders e Elizabeth Warren pediram neste domingo(31) providências contra o que eles chamaram de abusos de Wall Street revelados pelo recente frenesi sobre as ações da GameStop.

"Precisamos de uma investigação da SEC", disse Warren à CNN, referindo-se à Securities and Exchange Commission federal.

"O que está acontecendo com a GameStop é apenas um lembrete do que está acontecendo em Wall Street há anos", disse a senadora democrata. "É um jogo manipulado e um grupo de jogadores que entram e manipulam o mercado."

Investidores amadores que se organizaram no Reddit e em outros fóruns online têm nos últimos dias visado ações de empresas como a GameStop, para vendas em "short" (a descoberto).

Esta prática, comum em grandes fundos de investimento, consiste em vender antecipadamente ações apostando em uma queda de seus preços com a finalidade de recomprá-las mais barato em data posterior, obtendo assim um ganho substancial.

Mas as ações da GameStop, uma grande varejista de videogames que tem passado por dificuldades financeiras, dispararam durante a maciça iniciativa de compra do grupo Reddit - um protesto de opositores à estratégia que também compraram seus ativos, inflando seus preços.

Como resultado, os fundos tiveram de recomprar, a preços mais altos, as ações que haviam vendido.

A SEC informou na sexta-feira que estava "monitorando e avaliando de perto a extrema volatilidade dos preços de negociação de certas ações" e "agiria para proteger os investidores de varejo quando os fatos demonstrassem atividade comercial abusiva ou manipuladora proibida" pela lei federal.

Mas Warren pediu uma ação mais decisiva.

"É hora da SEC dar o braço a torcer e fazer seu trabalho".

"Precisamos de mais regulamentação sobre a manipulação de mercado", afirmou o senador independente Bernie Sanders.

"Há muito tempo acredito que o modelo de negócios de Wall Street é falho", disse ele ao programa "This Week" da ABC.

"Precisamos examinar com atenção o tipo de atividades ilegais e comportamento ultrajante por parte dos fundos de investimentos e outros participantes de Wall Street."

Brian Deese, um dos principais consultores econômicos do presidente Joe Biden, disse no domingo que a SEC estava "focada em compreender totalmente o que aconteceu".

"Vamos olhar para essas questões e certamente compreender totalmente este episódio em particular e as questões mais amplas", disse à CNN.

No entanto, lembrou que o novo governo está se concentrando primeiro em aliviar a crise econômica decorrente da pandemia de covid-19.

la/bbk/bgs/jc