Gangue sequestra missionários e crianças em Porto Príncipe

No sábado (16), dezessete missionários de uma organização com sede nos Estados Unidos foram sequestrados no Haiti por uma gangue violenta conhecida como 400 Mawozo. Cinco crianças estão entre os sequestrados, e o destino delas permanece desconhecido. Segundo relatos, equipes táticas do FBI chegaram à capital, Porto Príncipe, para ajudar na situação da tomada de reféns.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos