Ganso realiza exames após sair com dores contra o Palmeiras; com dúvida sobre o jogador, Flu mira em vaga nas oitavas da Copa do Brasil

Na primeira partida do técnico Fernando Diniz à beira do gramado pelo Brasileirão, após ser contratado para substituir Abel Braga, o Fluminense fez boa partida e foi buscar o empate nos últimos minutos contra o Palmeiras, no Allianz Park. Após o 1 a 1 em São Paulo, o tricolor está de volta ao Rio de Janeiro, já com treino na tarde desta segunda-feira. Com reencontro de Cano às redes e defesa incrível de Fábio, nem tudo foi festa: o camisa 10 Paulo Henrique Ganso saiu de campo com dores e aguarda resultado de exames. Ainda com incertezas sobre a gravidade do caso, o jogador é dúvida para a partida contra o Vila Nova, na próxima quarta-feira.

Fernando Diniz, tranquilizou a torcida em coletiva após o jogo, já que Paulo Henrique Ganso a preocupou: destaque nos últimos jogos, marcou três gols nas últimas partidas, contra Coritiba e Junior Barranquilla, e, diante do Palmeiras, precisou ser substituído ainda no primeiro tempo, com dores na coxa direita.

— Foi só um desconforto, mas nada grave. Tanto que ele (Ganso) ficou em campo ainda, bateu o escanteio. Então alguma coisa aconteceu, mas nada para a gente ficar muito preocupado — disse.

Ganso fez exames e aguarda os resultados, segundo o clube.

Após o Verdão abrir o placar aos 26 minutos do segundo tempo, o tricolor das Laranjeiras foi buscar o empate aos 37, com gol de Germán Cano, que, apesar dos 12 gols na temporada e a artilharia do time, marcou pela primeira vez neste Brasileirão. Acostumado a comemorar fazendo o tradicional "L" com os dedos, em referência ao filho Lorenzo, Cano inovou, com a coreografia do momento: "Desenrola, bate, joga de ladinho", o que, segundo ele em suas redes sociais, foi um pedido de seu filho.

Com o empate, o Fluminense soma cinco pontos em cinco rodadas, ocupando a 15ª colocação.

— Tem que estar preocupado com aquilo que você trabalha e propõe no jogo. E se tivesse perdido? É claro que é muito melhor empatar, mas poderíamos ter ganhado também. Tivemos chances para ganhar, o Palmeiras também. Tem que parar de achar que conflita rendimento com resultado. O time não merecia perder. E vamos fazer de tudo para ganhar todos os jogos. Não viemos aqui para empatar — afirmou Diniz.

Na próxima rodada, o Fluminense enfrenta o Athletico-PR em Volta Redonda, no interior do Rio de Janeiro — às 21h de sábado (dia 14) — enquanto o Maracanã segue fechado para reforma do gramado.

Antes desse compromisso, o tricolor precisa defender a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil contra o Vila Nova, na próxima quarta-feira, às 21h30. Por isso, treina nesta tarde e, nesta terça-feira, tem viagem marcada para Goiânia. No jogo da ida, no Maracanã, o Fluminense ganhou de virada (3 a 2) e precisa apenas de um empate para se classificar.

Após a partida do Brasileirão, com Cano reencontrando o caminho das redes, quem também viajará com confiança é o veterano Fábio, de 41 anos, que impressionou a torcida. Enquanto o jogo ainda estava 0 a 0, o goleiro foi responsável por evitar um gol do atacante alviverde Dudu, que chutou à queima roupa, na entrada da pequena área, e parou em Fábio. A conta do Fluminense no Twitter destacou o lance como "Espetacular!".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos