Gás mais caro: preço do botijão aumenta em 7% para o consumidor

·1 min de leitura
Gás de cozinha tem aumento de 7%. Foto: Pedro Ventura / Agência Brasília
Gás de cozinha tem aumento de 7%. Foto: Pedro Ventura / Agência Brasília
  • Com o aumento, o gás de cozinha deve ficar até R$ 5,80 mais caro;

  • Segundo dados da ANP, o preço médio do botijão de 13 kg era de R$ 93,65;

  • Em alguns estados, pode haver ainda um acréscimo de R$ 0,30 devido ao aumento do ICMS.

O botijão de gás deve ficar 7% mais caro para os consumidores a partir desta quarta-feira. O reajuste foi anunciado pelo presidente da Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (Asmirg), Alexandre Borjaili, ao jornal O Estado do S.Paulo. Com o aumento, o gás de cozinha deve ficar até R$ 5,80 mais caro.

Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do botijão de 13 kg era de R$ 93,65. Em alguns locais, esse valor poderia chegar a R$ 130. Agora, com o reajuste, o gás de cozinha deve ficar até R$ 5,80 mais caro. 

Leia também:

Em alguns estados, pode haver ainda um acréscimo de R$ 0,30 devido ao aumento do ICMS no mês passado. O gás de cozinha é item essencial em qualquer residência, e se o consumidor usa o tradicional botijão de 13kg, deve ficar atento para os novos valores.

O último aumento foi no início de julho, de 3,5%.De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do botijão de GLP de 13 Kg entre 22 e 28 de agosto era de R$ 93,65, sendo que em algumas localidades o produto chega a custar R$ 130,00.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos