Gases e cinzas de vulcão nicaraguense chegam às costas de El Salvador

Manágua, 28 dez (EFE).- A nuvem de gases e cinzas do vulcão San Cristóbal, da Nicarágua, alcançou as costas de El Salvador, informou nesta sexta-feira o Instituto Nicaraguense de Estudos Territoriais (Ineter).

O San Cristóbal se encontra a 135 quilômetros ao noroeste de Manágua, uma distância similar à do Golfo de Fonseca, que é compartilhado por Nicarágua, El Salvador e Honduras, no oceano Pacífico.

"A nuvem vulcânica chegou até o oceano, alcançando as costas de El Salvador, pela ação do vento", confirmou Martha Ruiz, diretora do Ineter.

O vulcão, situado no litoral oeste da Nicarágua, está há três dias em atividade eruptiva.

O Ineter informou ainda que a quantidade de dióxido de enxofre se elevou 200% no ambiente.

Além disso, a Polícia Nacional da Nicarágua decretou que os veículos não podem circular a mais de 40 km/h nas estradas próximas à fronteira com Honduras, devido a pouca visibilidade causada pelas cinzas.

O Ineter acrescentou que o San Cristóbal pode manter esta mesma atividade durante o fim de semana, embora com poucas probabilidades de que haja uma explosão de grande intensidade.

A ministra da Saúde nicaraguense, Sonia Castro, disse que a população está sendo alertada para que proteja seus olhos, pele e vias respiratórias.

Atualmente há dois albergues em Chinandega que estão atendendo 150 pessoas que foram retiradas das proximidades do cone vulcânico, informou o Sistema Nacional para a Prevenção, Mitigação e Atendimento de Desastres (Sinapred). Outras 150 pessoas evacuadas estão nas casas de familiares.

O major Carlos Cáceres, chefe da Defesa Civil de Chinandega, explicou à Agência Efe que o San Cristóbal ameaça uma área habitada aproximadamente por 400 mil pessoas.

O alerta amarelo se mantém na região, o que significa que a população e as autoridades devem estar prontas para atuar perante um possível desastre. EFE

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias