Gaspetro: acertos finais entre Compass e Mitsui

A operação da compra da Gaspetro pela Compass ainda não terminou.

Nos últimos dias, o comando da Mitsui no Brasil se reuniu com a cúpula da Compass (grupo Cosan) e ameaçou exercer o direito de preferência nas sete distribuidoras do Nordeste, das quais é sócia junto com a Petrobras e os Estados em cada região

Anúncio em breve: Gaspetro muda de nome

Se a Mitsui, de fato, exercer esse direito de preferência, a novela promete ter novos desdobramentos. O Cade, ao aprovar a operação, deixou explícito que a Compass deveria vender as distribuidoras do Norte e Nordeste.

As duas próximas semanas serão decisivas. Nesse período, vence o prazo para os estados se manifestarem se irão ou não exercer o direito de preferência, além, é claro, da própria Mitsui.

Transação de R$ 2 bi: O que esperar do Cade na decisão sobre a venda da Gaspetro

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos