Gastos de Bolsonaro com cartão corporativo podem ter sido maiores; entenda

Ex-presidente foi bastante criticado pelos altos valores divulgados na semana passada

Gastos com cartão corporativo de Jair Bolsonaro podem ter sido maiores - Foto: REUTERS/Ricardo Moraes
Gastos com cartão corporativo de Jair Bolsonaro podem ter sido maiores - Foto: REUTERS/Ricardo Moraes

Os gastos do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) com cartão corporativo podem ter sido ainda maiores do que os revelados na semana passada.

O novo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) revelou na última quinta-feira (12) que seu antecessor teria desembolsado R$ 27,6 milhões apenas com os cartões corporativos entre 2019 e 2022.

Entenda polêmica

Segundo o jornalista Luiz Fernando Toledo, cofundador da agência "Fiquem Sabendo", no entanto, há dados incompletos nas planilhas divulgadas, o que pode representar que os gastos foram, na verdade, consideravelmente maiores.

Em entrevista ao podcast da jornalista da TV Globo Natuza Nery, Toledo explicou que os números disponibilizados pelo governo não batem com aqueles apresentados no Portal da Transparência.

Valores não batem

Isso porque, apesar de não detalhar os valores do cartão corporativo, o Portal da Transparência aponta um gasto muito maior do que o divulgado na semana passada.

Segundo Toledo:

  • Governo Federal divulgou gasto de R$ 4 milhões do cartão corporativo de Bolsonaro

  • Segundo Portal da Transparência, o valor correto é R$ 22 milhões

Dúvidas e respostas

O jornalista considerou que há dúvidas sobre se os gastos divulgados são apenas referentes à presidência ou englobam outros órgãos.

A resposta, segundo ele, é a divulgação das notas fiscais das compras feitas com o cartão corporativo, para que se saiba exatamente o que foi adquirido.

Alguns gastos com cartão corporativo pelo governo Bolsonaro:

  • R$ 30 mil em hospedagens de hotel em São Paulo, quando Bolsonaro não estava na cidade

  • R$ 8,6 mil em sorvetes

  • R$ 1,46 milhão em um único hotel

  • R$ 362 mil em uma única padaria

  • R$ 3 mil em lanches do McDonald's

Críticas ao ex-presidente

A divulgação destes valores renderam diversas críticas ao ex-presidente nas redes sociais, inclusive de políticos que faziam oposição ao governo. Leia aqui alguns dos comentários feitos no Twitter.