Black Friday dos EUA tem queda em relação a 2020

·2 min de leitura
As vendas online durante a Black Friday caíram um pouco este ano, marcando a primeira vez que os gastos caíram em relação ao ano anterior. (Getty Images)
  • Gastos online na Black Friday americana sofreram queda de 1% em relação à 2020

  • Lojas começaram promoções em outubro, o que puxou para um resultado menor em novembro

  • Falta de chips e problemas na cadeia de suprimentos também afetou os resultados

As vendas online durante a Black Friday caíram um pouco este ano, marcando a primeira vez que os gastos caíram em relação ao ano anterior, conforme observado em um relatório de compras de fim de ano da Adobe Analytics. Os compradores online supostamente gastaram um total de US$ 8,9 bilhões (R$ 49,8 bilhões) este ano, ficando um pouco abaixo dos US$ 9 bilhões (R$ 50,3 bilhões) que foram gastos em 2020.

Leia também

A Adobe sugere que a tendência de queda pode ter sido causada por um aumento nos gastos iniciais, já que algumas lojas começaram as vendas e promoções já em outubro. E quando os compradores fizeram compras online durante a Black Friday, a Adobe descobriu que 44,4% dessas vendas foram feitas de um smartphone, um aumento de 10,6% em relação ao ano passado.

“Pela primeira vez, a Black Friday viu uma reversão da tendência de crescimento dos anos anteriores”, disse Vivek Pandya, analista-chefe da Adobe Digital Insights. “Os compradores estão sendo estratégicos em suas compras de presentes, comprando muito mais cedo na temporada e sendo flexíveis sobre quando fazem compras para garantir que obterão as melhores ofertas.”

Problemas na cadeia de suprimentos afetou resultados

Embora as vendas antecipadas possam ter sido o principal fator por trás da queda, os problemas da cadeia de abastecimento global podem ter sido outro contribuinte. De acordo com o relatório da Adobe, as mensagens de falta de estoque aumentaram 124 por cento desde janeiro de 2020, tornando mais difícil para os compradores obterem os produtos que desejam. O relatório observa que os aparelhos e eletrônicos foram os mais afetados por isso, e a atual escassez de chips provavelmente tem algo a ver com isso.

Entre os produtos de tecnologia mais populares na Black Friday estavam o Nintendo Switch e o Meta (antigo Oculus) Quest 2, enquanto Just Dance 2022, Spider-Man: Miles Morales, AirPods e o iPad de 10,2 polegadas foram todos sucessos no sábado. Até agora, os compradores gastaram mais de US$ 3 bilhões (R$ 16,8 bilhões) em 19 dias durante esta temporada de férias. No ano passado, nessa época, a Adobe contou apenas cinco dias em que os gastos ultrapassaram US$ 3 bilhões (R$ 16,8 bilhões).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos