Gatito, troféu da Série B e festa da torcida: o que ficar de olho no Botafogo contra o Guarani

·1 min de leitura


O último jogo de uma temporada que terminou com o objetivo concluído. O Botafogo se despede de 2021 neste domingo contra o Guarani, às 16h, em partida válida pela 38ª rodada da Série B do Brasileirão, no Estádio Nilton Santos. O LANCE! mostra pontos que precisam ser destacados no Alvinegro.

+ Botafogo não desiste e vai apresentar novo projeto financeiro a Rafael Navarro, que recusou Estados Unidos

É taça
: já campeão da segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o Botafogo faz um "amistoso de luxo" contra o Bugre. O jogo ficará marcado pela entrega do troféu após o apito final.

Gatito Fernández: quatorze meses depois da última aparição pelo Botafogo, o paraguaio voltou a ser relacionado. O goleiro, inclusive, pode até mesmo entrar no meio do jogo como uma forma de homenagem. Recuperado de uma lesão no joelho direito, o arqueiro pode ser peça fundamental para 2022.

Casa cheia: a torcida do Botafogo esgotou todos os ingressos disponíveis para a partida. A expectativa é de um público de mais de 35 mil pessoas no Estádio Nilton Santos. Uma despedida com as arquibancadas cheias.

Joel Carli: o capitão, peça fundamental e um dos personagens dessa trajetória do Botafogo na Série B, vai levantar o segundo troféu pelo Alvinegro. Herói do Carioca de 2018, o argentino voltará a ver uma taça com a camisa preta e branca.

Rafael Navarro: os coros de "Fica, Navarro!" vindos da torcida devem continuar. O atacante, com contrato se encerrando em dezembro, recusou uma proposta dos Estados Unidos e aumentou a esperança do Botafogo em uma possível renovação. O Alvinegro não jogou a toalha, reconhece a dificuldade e vai tentar mais uma cartada por um final feliz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos