Gato ou sucuri? Velho do Rio tem 7 vidas e nós podemos provar

Velho do Rio é muito querido em
Velho do Rio é muito querido em "Pantanal" (Foto: João Miguel Júnior/Globo)

Que o Velho do Rio (Osmar Prado) vira sucuri já não é novidade para o público de "Pantanal". De um tempo para cá, no entanto, o personagem tem corrido tanto perigo que a pergunta que fica é: ele se encanta em sucuri ou gato? Porque só tendo 7 vidas para escapar tantas vezes da morte...

Relembre alguns perrengues que o Velho do Rio já enfrentou e passou ileso:

Sumiço

Quem assiste a novela desde a primeira fase sabe que o Velho do Rio, na verdade, é o pai do Zé Leôncio (Marcos Palmeira). Ele sumiu de uma hora para outra e os peões passaram dias procurando seus vestígios pelas terras do Pantanal. Naquela época, muita gente acreditou que ele tinha sido engolido por algum bicho. Só milagre mesmo para isso não ter acontecido no meio das matas.

Tiro da Muda

Quando Muda (Bella Campos) tinha a intenção de matar Juma (Alanis Guillen), a onça Maria Marruá e o Velho do Rio passaram a rondar a tapera para defender a menina. Em um dos episódios, a onça partiu para cima de Muda e o Velho do Rio tentou apaziguar a situação. Enquanto conversava com a onça para não atacar a personagem de Bella Campos, o Velho levou um tiro dela. Na ocasião, quem o encontrou e salvou foi Trindade (Gabriel Sater), que havia acabado de chegar na região.

Queimadas

Apaixonado pela natureza, o Velho do Rio tentou salvar o Pantanal das queimadas e acabou gravemente ferido no episódio do dia 28 de junho. Encantado em sucuri, ele chegou a ser levado para o Centro de Reabilitação de Animais, mas conseguiu fugir e contar com a ajuda de Juma na tapera. Por pouco, o personagem não morreu naquela ocasião.

Tiro do Tenório

O Velho do Rio nem teve tempo para se recuperar das queimadas. Antes mesmo de completar um mês da sua quase morte, o personagem levou tiros de Tenório (Murilo Benício) e ficou em risco novamente. Na ocasião, ele tentou cumprir sua palavra e matar o vilão da novela na beira do rio. Armado, Tenório reagiu e quase o matou na bala. Por sorte, Eugênio (Almir Sater) passou pela região e prestou socorro antes que o pior acontecesse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos