Geórgia certifica Joe Biden como vencedor no estado nas eleições

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  17-06-2014 -  Joe Biden. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 17-06-2014 - Joe Biden. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O estado da Geórgia confirmou, em seu website nesta sexta-feira (20), a vitória local do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

A confirmação ocorreu horas após uma série de idas e vindas: no início da tarde desta sexta, o governo havia enviado um comunicado à imprensa afirmando que o democrata era o ganhador, mas logo em seguida mandou uma correção e disse que os números ainda não eram certificados.

O estado teve uma recontagem de votos obrigatória, porque a vantagem de Biden era muito pequena. Já se passaram 17 dias desde a eleição.

Com a apuração oficialmente concluída, Donald Trump pode ainda pedir uma nova contagem do estado, mas a probabilidade de que ele reverta os resultados das urnas e se torne o vencedor é quase inexistente.

Com a aclamação da vitória de Biden na Geórgia, como apontou a apuração inicial, fica ainda mais difícil para Trump reverter a derrota nas urnas. O republicano diz que houve fraudes no processo, mas não apresentou provas.

A Geórgia, um estado tradicionalmente republicano, dá direito a 16 votos no Colégio Eleitoral. A última vez que os democratas levaram o estado nas eleições presidenciais havia sido em 1992.