Geórgia fará recontagem manual de votos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Geórgia fará uma recontagem completa de votos no estado, confirmou nesta quarta-feira (11) o secretário Brad Raffensperger, que comanda a organização da eleição no Estado. "Matematicamente, você tem de fazer uma recontagem completa e à mão porque a margem é muito pequena", disse o secretário, que é filiado ao partido Republicano. "Queremos começar isso antes do fim da semana". No estado, parte da apuração foi feita com o uso de scanners, capazes de ler as marcações nas cédulas. Com uma recontagem manual, todas serão conferidas visualmente pela equipe de apuração. A expectativa é que o trabalho seja terminado até o dia 20 de novembro. Na primeira contagem, Joe Biden ficou 14 mil votos à frente de Donald Trump. Cerca de 4,9 milhões de eleitores votaram na Geórgia. O resultado no Estado não foi necessário para garantir a vitória nacional do democrata, anunciada a partir de projeções da imprensa no sábado (7).