Geladeira de skincare: é apenas hype ou realmente útil?

Colaboradores Yahoo Vida e Estilo
·3 minuto de leitura
Uma geladeira para suas makes, já pensou? (Foto: Getty Images)
Uma geladeira para suas makes, já pensou? (Foto: Getty Images)

Por Baárbara Martinez

Não demorou muito para a geladeira de skincare (beauty fridge) cair no gosto das apaixonadas por autocuidado. O eletrodoméstico de beleza, fofíssimo e altamente instagramável, virou tendência e passou a aparecer com frequência nas redes sociais, disputando acirradamente espaço com o clássico look do dia, é claro.

Os vídeos com a mini geladeira, sempre lotada com ácidos, vitaminas, máscaras, protetores solares, entre outros produtos, viralizaram tanto que as marcas brasileiras andam apostando nesse segmento em ascensão. Entretanto, será mesmo que o aparelho é necessário para um bom cuidado com a pele?

Leia também

Segundo a Dra. Carolina Andriolo, dermatologia e tricologista pelo Instituto Izamar Milidiú - RJ, a geladeira pode ser mais do que uma simples moda. “É uma boa opção para facilitar a vida de quem precisa usar cremes e medicamentos que necessitam de refrigeração. Para as pessoas que moram em lugares muito quentes também é interessante manter alguns produtos geladinhos, para ter uma ação calmante ainda melhor”.

Até para os produtos que não necessitam desse armazenamento diferenciado, o eletrônico ajuda na conservação de seus componentes. “Os produtos refrigerados possuem maior durabilidade, evitando as oscilações de temperaturas e unidade”, afirma a profissional.

Pensando no bem-estar, que atualmente é impossível de ser desassociado quando falamos de skincare, os rollers de pedras, gua sha, água termal e máscaras são itens que quando gelados ficam mais deliciosos em contato com a pele.

Refrigere seus produtos (Foto: Divulgação)
Refrigere seus produtos (Foto: Divulgação)

Além dos itens citados acima, Dra. Fernanda Nichelle, que está à frente da Clínica MAC - Medicine Aesthetic Clinic, recomenda outros produtos que podem ser colocados na beauty fridge sem qualquer preocupação. “Cremes que contenham ácidos na sua formulação e produtos com antioxidante, como a vitamina C e o resveratrol, além de tônicos”.

“Não oriento colocar filtro solar para evitar a desestabilização da fórmula com a troca constante da temperatura, visto que o filtro deve ser reaplicado a cada 02h e deverá estar em um local de fácil acesso”, afirma a profissional.

De acordo com Fernanda, a geladeira convencional não substitui a de skincare. “A geladeira convencional costuma oscilar a temperatura entre 2 e 8 graus. Já a destinada a armazenar produtos de skincare tem sua temperatura entre 10 e 15 graus. Sabemos que abaixo de 10ºC, alguns produtos podem sofrem o ‘ponto de névoa’ e precipitar alguns dos seus ativos, como óleo e tônicos. Já temperaturas um pouco mais baixas (5ºC) podem cristalizar e até mesmo alterar a sua textura”.

Mesmo assim, tendo ou não a geladeira, é essencial pensar na conservação dos cremes e medicamentos, indicados na embalagem de cada dermocosmético. “É importante seguir as recomendações de armazenamento do produto para manter as propriedades ativas e não comprometer sua eficácia”, confirma Carolina Andriolo.

No Brasil, marcas como Océane e Laxmi vendem o produto, que vive esgotado nos e-commerces, a partir de R$ 400,00 (cada). Recentemente, a empresária Bruna Tavares comentou sobre seu desejo de adicionar o eletrodoméstico de beleza na linha que leva seu nome. Estamos atentas!