Geo-Rio fará limpeza e contenção de encosta em prédio no Leme que teve área de lazer atingida por deslizamento

Moradora registrou momento em que a terra desceu e tomou área de condomínio na Rua Roberto Dias Lopes, no Leme

RIO — A Geo-Rio inicia, nesta quarta-feira, a limpeza da área de lazer de um prédio na Rua Roberto Dias Lopes 94, no Leme, na Zona Sul do Rio, atingida por um deslizamento de terra durante a chuva desta terça. Serão removidos blocos de terra que desmoronaram e, em seguida, serão realizadas obras de contenção da encosta do Morro Babilônia, vizinho do edifício.

A Defesa Civil municipal já fez uma vistoria no prédio e interditou, além da área de lazer, o playground e a garagem do prédio. De acordo com o órgão, em abril do ano passado haviam sido realizadas vistoria, desmonte e remoção de blocos naquela área, que foi interditada por medida de segurança. O deslizamento de terra desta terça atingiu justamente o muro de contenção, construído os estragos causados pela chuva de 2019.

Moradores relataram que, nesta terça, ouviram dois estrondos num intervalo de 40 minutos. De acordo com eles, no momento do primeiro estava chovendo levemente, enquanto no segundo, nem chuva havia. Por causa dos barulhos, algumas pessoas, assustadas, deixaram suas casas.

'Parecia que o chão estava mexendo', diz moradora

A aposentada Maria Edithi estava vendo novela preparando o jantar quando se assustou com um grande estouro

— Parecia que o chão estava mexendo. Fui pra rua correndo e minha vizinha que conseguiu me acalmar. Pelo barulho parecia que ia levar as casas, ia cair tudo. Ficamos apavorados, tudo que construímos está ali — conta