George Floyd disse “não consigo respirar” mais de 20 vezes

·2 minuto de leitura
Em vídeo, policial aparece com joelho no pescoço da vítima. Foto: Reprodução
Em vídeo, policial aparece com joelho no pescoço da vítima. Foto: Reprodução

Novas transcrições do caso George Floyd, que foi morreu após ser sufocado por um policial, nos Estados Unidos, mostram que a vítima disse que não conseguia respirar mais de 20 vezes. De acordo com o jornal The New York Times, além de dizer "eu não consigo respirar" repetidas vezes, Floyd também chamou por sua mãe morta.

As gravações que foram divulgadas nesta quarta-feira (8) foram filmadas pelas câmeras presas às roupas dos policiais que fizeram a abordagem. Elas mostraram, por exemplo, que umas das últimas palavras dele foram: "Vão me matar".

Leia também:

As gravações foram trazidas pelo policial Thomas Lane, que fez parte da abordagem e que quer convencer o juiz de que ele não ajudou e que não foi conivente com o assassinato de Floyd. A morte dele foi causada pelo policial Derek Chauvin, que está sendo acusado por homicídio e pode ser sentenciado a até 40 anos de prisão.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Lane, J. Alexander Kueng e Tou Thao, policiais que estavam presentes durante a ação também podem ser condenados a 40 anos de prisão se ficar comprovado que eles ajudaram e foram coniventes com o assassinato de Floyd. Os quatro, no entanto, já foram demitidos de seus cargos.

De acordo com a transcrição, em determinado momento da abordagem, Floyd disse: "Mãe, eu te amo. Diga aos meus filhos que eu os amo. Estou morto". Em outro momento, Chauvin perguntou para Floyd se ele tinha usado alguma droga. Lane disse que achava que sim e Kueng disse que eles tinham encontrado um cachimbo com a vítima. Uma autópsia mostrou que o corpo tinha traços de drogas.

Além disso, depois que Floyd afirmou que os policiais iriam matá-lo, Chauvin falou: "Então pare de falar. Pare de berrar. Falar gasta muito oxigênio". Em outro momento, Lane perguntou para Chauvin se Floyd não deveria ser colocado de lado. Em resposta, Chauvin disse: "Não. Ele vai ficar assim mesmo como está".

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos