George Michael é enterrado em cerimônia particular em Londres

Guardas fazem segurança do lado de fora do cemitério Highgate em Londres 29/3/2017 REUTERS/Neil Hall

LONDRES (Reuters) - O bem-sucedido cantor pop britânico George Michael foi enterrado em um funeral privado em Londres nesta quarta-feira, cerca de três meses após sua morte no dia de Natal, disse seu empresário.

Vários carros de luxo com janelas escurecidas estiveram no Cemitério Highgate, no norte da capital inglesa, disseram repórteres da Reuters. A mídia britânica relatou que a mãe do cantor está enterrada no mesmo local.

Nascido em Londres em 1963 como Georgios Kyriacos Panayiatou, filho de um pai imigrante cipriota grego e uma mãe inglesa, George Michael se tornou um dos músicos de maior sucesso da história de seu país. À época de seu falecimento ele havia vendido mais de 115 milhões de discos em todo o mundo.

Em sua carreira na dupla Wham! e como cantor solo ele emplacou sucessos como "Wake Me Up Before You Go-Go", "Last Christmas", "Careless Whisper" e "Faith", conquistando legiões de fãs.

Os muros externos do Cemitério Highgate, que abriga luminares como o fundador do comunismo Karl Marx, o biólogo Herbert Spencer, o historiador Eric Hobsbawm e o cientista Michael Faraday, foram cobertos para restringir a visão da cerimônia.

"Familiares e amigos íntimos se reuniram para a cerimônia privada e discreta para dizer adeus a seu amado filho, irmão e amigo", disse comunicado da família do empresário do cantor, sem confirmar o local.

"A família de George Michael gostaria de agradecer seus fãs de todo o mundo por suas muitas mensagens de amor e apoio".

Mais cedo neste mês, um legista disse que o artista morreu de causas naturais.

    (Por Sarah Mills e Marie-Louise Gumuchian)