George Weah marca presença no estádio para assistir filho na seleção dos Estados Unidos

George Weah foi assistir à partida dos Estados Unidos, nação que o filho Timothy representa (Foto: AFP)


George Weah, presidente da Libéria e ganhador da Bola de Ouro em 1995, esteve presente nas arquibancadas do estádio Al Bayt, em Al Khor, para assistir à partida entre Inglaterra e Estados Unidos, pela qual joga seu filho Timothy, na Copa do Mundo do Qatar.

O jovem atacante, de 22 anos, foi titular no empate sem gols e esteve em campo durante 83 minutos, até ser substituído por Giovanni Reyna.

Ao ser filmado pelas câmeras no estádio, George Weah foi ovacionado no segundo tempo, ao assistir o filho fazer o que nunca conseguiu: jogar uma partida de Copa do Mundo. Timothy Weah também jogou, e inclusive fez o gol, no empate de 1 a 1 entre EUA e País de Gales, na segunda-feira passada.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo

George Weah, que disputou 18 temporadas como profissional, defendeu como camisas de Milan, em seu auge, Monaco, Paris Saint-Germain, Chelsea, Manchester City e Olympique de Marselha.

Com 2 pontos, os Estados Unidos decidem sua vida na Copa do Mundo do Qatar na próxima terça-feira, às 16h (horário de Brasília), no Al Thumama, contra o Irã. No mesmo dia e horário, Inglaterra e País de Gales medem forças no Ahmad Bin Al.

Representando a Libéria, jogou 75 partidas e marcou 18 gols, mas nunca conseguiu se classificar para uma Copa do Mundo. O filho Timothy, nascido em Nova York, decidiu defender a seleção dos Estados Unidos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.