Maisa, Jade Picon e Larissa Manoela mostram 7 tendências de moda

·1 minuto de leitura
Geração que dita moda (Foto: Reprodução/Instagram @larissamanoela, @maisa, @jadepicon)
Geração que dita moda (Foto: Reprodução/Instagram @larissamanoela, @maisa, @jadepicon)

Trazer de volta tendências do passado polêmicas e censuradas pelas gerações mais velhas, se tornou o DNA da Geração Z que ama ter um estilo autêntico e carregado de memórias. Os jovens nascidos a partir da segunda metade dos anos 1990 apresentam suas próprias regras fashion e poucos ligam para o que a geração adversária - millennials - falam nas redes sociais.

Devido a toda essa polêmica geração, alguns créditos de tendências da atualidade se devem ao mais jovens. Calças cintura baixa, chapéu bucket e até roupas esportivas fora da academia mostram que o mercado da moda e as passarelas estão de olho e reproduzindo a demanda.

Leia também

Ok, os GenZ não criaram as peças, porém trazer de volta os conceitos e tornar tendências no mundo online e offline prova que todos foram influenciados por famosos como Olivia Rodrigo, Maisa - todas geração Z. 

Odiada por muitos, amada por poucos a calça cintura baixa voltou e não possui data para sair de moda

Acessório de cabelo e quanto mais melhor já diria Maisa

Quem aqui não se recorda da Princesa Diana usando roupas esportivas casualmente? Aqui, Larissa Manoela lança o estilo

Air Jordan: O tênis que tinha entrado para o baú com os millennials, se tornou um case de sucesso da história da Nike

Arte da praia, colares de miçangas e anéis de resina. Acessórios considerados infantis, mas que não sai do feed de ninguém e já são tendência do verão

Sobreposição de roupas não é mais cafona

O 'chapéu do pescador' já foi usado até por Rihanna

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos