Geraldo Alckmin assina carta em defesa da democracia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.06.2022 - O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB). (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.06.2022 - O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB). (Foto: Bruno Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ex-governador de São Paulo e vice na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Geraldo Alckmin (PSB) assinou o manifesto em defesa da democracia e do processo eleitoral elaborado a partir de iniciativa de ex-alunos da Faculdade de Direito da USP.

O nome completo de Alckmin, Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho, e sua profissão de formação, médico, já constam da lista virtual de novas adesões do manifesto, este que atualmente já tem mais de 500 mil assinaturas.

A "Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado democrático de Direito" será lançada em evento na Faculdade de Direito da USP no dia 11 de agosto.

Considerada uma resposta às ameaças golpistas do presidente Jair Bolsonaro (PL), a carta nasceu a partir de um grupo de ex-alunos da Faculdade de Direito da USP que pretendia homenagear os 45 anos da "Carta aos Brasileiros", lida na mesma instituição, no Largo de São Francisco, em 1977.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos