Gerente de açougue morre durante tentativa de assalto na zona sul de SP

ALFREDO HENRIQUE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O açougueiro Severino Antônio Cabral, idade não informada, morreu após ser baleado, durante uma tentativa de assalto, no açougue no qual trabalhava, em Moema (zona sul da capital paulista). Cabral, que era gerente do local, foi abordado por volta das 5h50, desta quarta-feira (18).

Dois suspeitos morreram durante a fuga. Eles teriam realizado uma troca de tiros com a polícia. Outros dois suspeitos foram presos. Nenhum deles teve a identidade informada.

Segundo a polícia, Cabral foi rendido quando começava o dia de trabalho e teria sido baleado após não conseguir abrir o cofre da empresa.

Normalmente, o açougueiro utilizava o transporte publico, no entanto, segundo familiares, no dia do crime ele decidiu ir de carro para evitar as aglomerações no transporte coletivo.

Quando o grupo de assaltantes saiu do estabelecimento e tentava fugir, na rua Tuim, policiais civis chegavam ao local.

Neste momento, teria ocorrido a troca de tiros entre policiais e criminosos. Um dos suspeitos morreu no local, outro não resistiu aos ferimentos no caminho para o hospital. Outros dois suspeitos foram presos em flagrante pelos policiais.

Um quinto criminoso, de acordo com informações da polícia, teria conseguido fugir do local. Não foi informado se o suspeito que fugiu conseguiu roubar alguma coisa do açougue. O caso é investigado pelo Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).