Gigante da publicidade WPP compra firma brasileira de e-commerce

O britânico WPP, maior grupo de publicidade e relações públicas do mundo, comprou a empresa brasileira de serviços para e-commerce Corebiz, em mais um passo em sua estratégia de diversificação de negócios rumo à tecnologia. O valor da transação não foi divulgado.

— Na pandemia, o e-commerce foi um acelerador brutal da transformação digital. Esse período foi um divisor de águas, com muitos clientes que nunca tinham vendido online passando a ter essa necessidade. E o e-commerce foi um dos pilares do avanço da WPP nos últimos anos, ao lado de tecnologia e experiência — afirma Stefano Zunino, responsável pela operação da WPP no Brasil. — A aquisição mostra também que o Brasil é estratégico para a WPP, um dos nossos dez maiores mercados.

Fundada há uma década por Renan Mota e Felipe Macedo, a Corebiz oferece serviços como implantação de e-commece e otimização de conversão de vendas. O foco são principalmente grandes empresas, como Whirlpool (dona de Brastemp e Consul), Motorola e Carrefour. A companhia é uma das principais especialistas na integração com a plataforma de e-commerce da VTEX, empresa carioca que está listada na Bolsa de Nova York.

— A complexidade das soluções de e-commerce vem aumentado. Então, mais até do que a implementação, atuamos na evolução dos canais que as companhias já têm e na criação de outras alternativas — observa Mota, que divide o comando da Corebiz com Macedo.

A aquisição da Corebiz se dá pouco mais de um ano depois de a WPP adquirir a também brasileira DTI, uma desenvolvedora de software. Lá fora, o grupo comprou há seis meses companhia que atua em segmento similar à Corebiz, a britânica Cloud Commerce Group.

Plano de expansão

Esses negócios fazem parte do plano global da WPP de elevar de 25% para 40% até 2025 a fatia do seu faturamento que vem dos segmentos de e-commerce, experiência e tecnologia. O pano de fundo é a digitalização acelerada pela qual o setor de publicidade vem passando nas últimas duas décadas — além da concorrência vinda de companhias que, originalmente, atuavam apenas no terreno da tecnologia.

A Corebiz não informa seus dados operacionais, mas diz que já tem cerca de 700 funcionários e que seu faturamento tem crescido 80% ao ano. Em 2020, após uma serie de pequenas aquisições, a companhia informava que suas receitas estavam na casa dos R$ 45 milhões.

A empresa está sediada em Alphaville, Barueri (SP), e tem bases em Franca (SP) e Porto Alegre. Antes da venda para a WPP, a Corebiz não havia recebido investimento externo.

A WPP adquiriu 100% da companhia, mas os sócios da Corebiz continuarão na operação “por tempo indeterminado”. A marca será mantida e complementará os serviços da VMLY&R Commerce, agência que faz parte do portfólio da WPP.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos