Gilberto Gil agradece apoio depois de ser hostilizado em jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Aos 80 anos, Gilberto Gil foi alvo de ofensas no Qatar (Foto: Reprodução/Instagram)


O cantor Gilberto Gil divulgou um vídeo em suas redes sociais, neste domingo, para agradecer o apoio depois de ser hostilizado antes do jogo da Seleção Brasileira contra a Sérvia, na estreia do Brasil na Copa do Mundo. O artista de 80 anos estava acompanhado de sua esposa Flora Gil, de 62, quando foram ofendidos por torcedores brasileiros no momento em que caminhavam até a arquibancada do estádio Lusail.

- Obrigado a todos pela corrente de solidariedade, aos amigos que ligaram e se manifestaram nas redes sociais. Amanhã estaremos torcendo pela Seleção Brasileira e por um Brasil sem ódio - escreveu Gilberto Gil na legenda da publicação.

Gilberto Gil classificou o momento como "terceiro turno" das Eleições 2022.

- É o terceiro turno, na verdade, os inconformados querendo manter essa coisa do ódio, da agressividade. mais um episódio dessa sequência de ódio - disse o cantor.

Por fim, o cantor de 80 anos afirmou que estará presente no próximo jogo da Seleção Brasileira. Sem Neymar e Danilo, lesionados, o Brasil encara a Suíça, nesta segunda-feira, às 13h, pela segunda rodada do Grupo G da Copa do Mundo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.