Gilead e Allianz avaliam suspensão de publicidade no Twitter

BENGALURU, Índia (Reuters) - A Gilead Sciences anunciou nesta segunda-feira que a companhia e sua unidade Kite estão em processo de pausar veiculação de mensagens no Twitter depois que a rede social foi comprada pelo bilionário Elon Musk.

Em comunicado, a Gilead afirmou que está monitorando seu gasto com publicidade para melhor entender como os padrões de comunidade e de moderação de conteúdo vão ser administrados pela nova gestão do Twitter.

Enquanto isso, o grupo segurador Allianz anunciou também nesta segunda-feira que vai suspender a publicidade paga no Twitter por ora.

Gilead e Allianz juntam-se a uma crescente lista de empresas, incluindo General Motors e General Mills, que ou suspenderam o investimento em publicidade no Twitter ou estão reavaliando estratégia de comunicação na plataforma.

Na semana passada, o Wall Street Journal publicou que Mondelez International e Pfizer também suspenderam publicidade paga no Twitter.

Musk afirmou em uma carta aberta em outubro que ele quer que o Twitter seja a "plataforma de publicidade mais respeitada" em uma tentativa de recuperar a confiança dos anunciantes.