Giorgio Armani cancela desfiles masculinos em razão do avanço da Ômicron na Europa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O estilista italiano Giorgio Armani cancelou os desfiles masculinos da sua marca na Europa em razão do avanço da variante Ômicron. As apresentações das coleções de outono/inverno 2022/2023 e a da de alta costura de primavera/verão 2022 aconteceriam em janeiro deste ano, em Milão e em Paris.

"Esta decisão foi tomada com grande pesar e após cuidadosa reflexão à luz do agravamento da situação epidemiológica. Como o designer já expressou em várias ocasiões, os shows são cruciais e insubstituíveis, mas a saúde e segurança dos funcionários e do público devem mais uma vez ter prioridade", afirmou a Armani em nota à imprensa.

De acordo com gráficos da agência Reuters, o número médio de novas infecções registradas na França tem aumentado consistentemente por 7 dias, chegando a cerca de 162 mil por dia. Já na Itália, o número de novas infecções relatadas bate o recorde diariamente, reigstrando mais de 102 mil casos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos