Giovana Cordeiro fala sobre 'Mar do Sertão', relembra ataques por causa do cabelo e diz que bloqueia comentários machistas nas redes: 'Não tenho a menor paciência'

Emendando uma sequência de trabalhos em novelas da Globo, Giovana Cordeiro está no ar em "Mar do sertão" como a atrevida e provocante Xaviera. A atriz comemora a repercussão da personagem atual e considera que o trabalho é um divisor de águas na sua carreira.

— Nessa profissão, o que as pessoas veem muitas vezes não traduz o que ela é pra gente. Lidamos com muita insegurança. Acabamos um trabalho e dizemos: "Ah, estou de férias". Mas na verdade estamos desempregados. A Xaviera foi muito importante não só porque eu estaria trabalhando, mas entendi que seria uma personagem que me possibilitaria uma virada de chave na minha carreira. Tudo o que acontece ao redor dessa personagem tem sido muito especial — conta ela, que depois viverá a mocinha de "Fuzuê", próxima novela das 19h da Globo.

Giovana acredita que o sucesso da trama das 18h de Mario Teixeira se deve à leveza da história:

— É uma novela muito querida, tem uma proximidade com o público, principalmente com o nordestino, que se identifica. Tem um texto gostoso de acompanhar, com personagens bem compostos e piadas gostosas. É uma novela bem divertida. Eu mesma, que já sei o que vai acontecer, morro de rir mesmo assim.

A atriz, de 26 anos, conta com mais de um milhão de seguidores nas redes sociais. Ela diz que tem uma relação saudável com quem acompanha, mas que não tolera alguns tipos de comentários:

— Sempre tem uma coisa inconveniente, algo machista ou de cunho sexual que eu já bloqueio, não tenho a menor paciência. Não discuto, não bato boca. Simplesmente tiro essa pessoa da minha rede social.

Giovana costuma receber elogios pela beleza. Ela diz que atualmente não se incomoda com comentários desse tipo:

— Em algum momento eu me privei de fazer certas coisas porque não queria que as pessoas estivessem falando de mim. Queria que fosse só pelo trabalho. Mas estou num momento que, justamente por causa da repercussão da personagem, vem essa curiosidade. É natural da profissão.

Na internet, a atriz também compartilhou seu processo de transição capilar e deu dicas. Antes de inspirar cortes de cabelo com o visual cacheado de Xaviera, ela passou por problemas de aceitação na adolescência:

— Foi uma pressão muito grande na época. Comecei a receber elogios por ter alisado o cabelo, coisas que eu não recebia antes, muito pelo contrário. Ouvia que meu cabelo era duro, que era bombril. Entendi que a transição capilar não era só sobre estar com o cabelo natural. Era sobre bater de frente e lidar com críticas relacionadas à minha aparência. E isso me inspirou em outros âmbitos da minha vida. Nunca iria imaginar que depois de tudo isso eu viraria referência para tantas outras meninas.