Giovanna Antonelli lembra convivência com garotas de programa para viver prostituta na TV

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 25/10/2015 - A atriz Giovanna Antonelli. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 25/10/2015 - A atriz Giovanna Antonelli. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No ar atualmente na reprise de "Laços de Família" (Globo), a atriz Giovanna Antonelli, 44, guarda com carinho as memórias de quando interpretou a prostituta Capitu na história de Manoel Carlos.

De acordo com ela, o mais interessante foi a experiência adquirida para poder compor a personagem. "Foi uma grande oportunidade na minha vida que agarrei com toda a dedicação. Convivi com várias garotas de programa na época, foi um processo muito rico. Com certeza a forma como Maneco conta suas histórias, com tanta humanidade, foi determinante para o sucesso dessa personagem", destaca.

Na trama, Capitu, há 20 anos, vivia cenas dramáticas ao lado do pai, Paschoal (Leonardo Villar), e teve muita repercussão, algo que retorna agora em 2020 no "Vale a Pena Ver de Novo". "Essa novela foi um grande acerto em todos os sentidos, com uma equipe maravilhosa envolvida. É muito bom poder rever essa história. Sempre busco me divertir quando estou trabalhando. Quem trabalha comigo sabe que eu amo trabalhar com humor", opina.

De acordo com ela, a cena mais marcante foi quando os pais da Capitu descobriam que ela era garota de programa. "Walderez de Barros e Leonardo Villar foram fantásticos comigo e foi uma honra poder estar com eles, tão talentosos e generosos, durante essa cena tão difícil e durante toda a novela."

Capitu é uma personagem forte e está entre as mais importantes já interpretadas pela atriz. "Me dedico, me jogo de cabeça. Tive várias personagens inesquecíveis nesses anos todos. Quando as personagens chegam ao Saara [centro de comércio no Centro do Rio] e à 25 de março [rua de lojas populares em São Paulo], aí eu sinto que contaminaram o público. E isso me deixa muito feliz", finaliza.