A volta dos que não foram: Antes de CPI acabar, senador quer CPI 2

·1 minuto de leitura
Senador Eduardo Girão diz que quer buscar a verdade sobre os bilhões desviados durante a pandemia (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Senador Eduardo Girão diz que quer buscar a verdade sobre os bilhões desviados durante a pandemia (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
  • Senador Eduardo Girão quer criar nova CPI da Pandemia para investigar estados e municípios

  • Parlamentar já reuniu assinaturas necessárias e deve protocolar o pedido após feriado de 7 de Setembro

  • Segundo ele, objetivo é apurar uso de recursos públicos federais enviados a estados e municípios

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) quer criar uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o uso de recursos públicos federais enviados a estados e municípios durante a pandemia do coronavírus. A informação foi divulgada pela revista Veja.

Girão já reuniu 30 assinaturas, sendo que o mínimo necessário para a abertura da comissão é de 27 assinaturas. O pedido deve ser protocolado após o feriado de 7 de Setembro.

Leia também:

Entre as denúncias de fraude e corrupção que devem ser apuradas, segundo o parlamentar, está a compra de 300 respiradores, no valor de R$ 48,7 milhões, feita pelo Consórcio Nordeste, grupo que reúne nove governadores da região.

Integrante da CPI da Covid, o senador reclama que a cúpula, formada pelo presidente Omar Aziz (PSD-AM) e o relator Renan Calheiros (MDB-AL), não tem mostrado interesse em investigar o mau uso de recursos nos estados e municípios.

“Esse é o grito dos excluídos da CPI da Pandemia”, diz Girão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos