Giselle Itiê relata parto de sete horas em casa: 'Parir é resistir'

Uma semana após dar à luz a seu primeiro filho Pedro Luna, a atriz Giselle Itiê usou seu perfil no Instagram para fazer um relato emocionante sobre o parto natural. Na publicação, Giselle relatou as horas em que ficou em trabalho de parto e falou da força que construiu.

Ela ainda agradece às mulheres que as ajudaram durante o processo do parto humanizado: 'Minha equipe de mulheres fodarasticas, obrigada por me acolherem!'.

A atriz completou o relato com a hashtag do dia Internacional da Mulher, 8 de março, e reafirmou o poder da mulher e do corpo feminino durante o parto: '#8m2020 PS: NINGUÉM tem o direito de dizer que você não está apta para Parir. Ninguém!'

Leia na íntegra o texto publicado:
'exatamente uma semana atrás
estava eu,
me debatendo pelas paredes da minha casa
e realizando o quanto os pródromos não estavam mais para brincadeira.

 

Pródromos?
Gigi meu bem, não é bem assim.
Tu acredita mesmo!? Desde as 2horas da manhã até agora?
Pródromos mais agressivos?

 

As 9horas
As 12horas ou 13horas
(no lo sé, pois já estava totalmente inserida na partolandia)
quando chegam minhas parteiras, doula e minha irmã fodarastica!

Sim. Passei 7 horas dilatando.
(acredito eu)

Estava eu com 9 e meio,
e nem eu e minha mãe percebemos que o nosso pequeno Pedro Luna estava chegando pra ficar... estou aqui lembrando um tanto do meu parto
e falando pra mim mesma
Caspeta! Giselle, tu é foda mesmo!
Caspeta! Mayella, tu é foda mesmo!
Caspeta! Sandra, tu é foda mesmo!
Caspeta! Minha equipe de mulheres fodarasticas, obrigada por me acolherem!

 

Nós mulheres somos tão potentes
tão incríveis
tão absolutas
Somos tanto mas TANTO!

 

Quanto mais unidas mais seremos nossas.
E ninguém vai tentar mudar o nosso verdadeiro caminho.

 

Hermana @ma_itie TE AMO!
Sei o quanto louco, difícil e mágico foi ter vivido (sem ter combinado) a partolandia comigo.

 

Tudo foi mágico, intenso e um belo roteiro de um filme... GRACIAS.
Parir é Resistir!

 

#8m2020 PS: NINGUÉM tem o direito de dizer que você não está apta para Parir. Ninguém!'