Gkay apoia Kim Kardashian em repúdio a Balenciaga: "Erro inenarrável"

Gkay e Kim Kardashian. Foto: Leo Franco/AgNews/Stefanie Keenan/Getty Images
Gkay e Kim Kardashian. Foto: Leo Franco/AgNews/Stefanie Keenan/Getty Images

Resumo da notícia:

  • Gkay compartilhou posicionamento de Kim Kardashian sobre a Balenciaga

  • Atriz é consumidora assídua da grife internacional e repudiou campanha polêmica

  • Marca foi criticada por usar crianças e itens sadomasoquistas em ensaio

Gkay usou as redes sociais para se posicionar sobre a recente polêmica da Balenciaga. Consumidora assídua da grife internacional, a brasileira apoiou Kim Kardashian ao repudiar a campanha marcada por crianças com itens sadomasoquistas.

No Instagram, a norte-americana disse que irá reavaliar sua relação com a marca e que espera ações da Balenciaga para proteger o público infantil. "Fiquei quieta nos últimos dias, não porque não estivesse enojada e indignada com as recentes campanhas da Balenciaga, mas porque queria uma oportunidade de falar com a equipe deles para entender por mim mesmo como isso poderia ter acontecido", iniciou Kardashian.

Mãe de North, Chicago, Saint e Psalm West, do casamento com Kanye West, a socialite ressaltou o impacto da campanha errônea. "Como mãe de quatro filhos, fiquei abalada com as imagens perturbadoras. A segurança das crianças deve ser considerada com a maior consideração e qualquer tentativa de normalizar o abuso infantil de qualquer tipo não deve ter lugar em nossa sociedade - ponto final", completou.

"Agradeço a remoção das campanhas e desculpas de Balenciaga. Ao conversar com eles, acredito que eles entenderam a gravidade do problema e tomarão as providências necessárias para que isso nunca mais aconteça. “Quanto ao meu futuro com a Balenciaga, estou atualmente reavaliando meu relacionamento com a marca, baseando-me em sua disposição de aceitar a responsabilidade por algo que nunca deveria ter acontecido – e pelas ações que espero vê-los tomar para proteger as crianças”, concluiu.

Na sequência, Gkay compartilhou a publicação de Kim ao criticar a atitude da marca. "Faço das palavras da Kim as minhas, foi um erro inenarrável essa campanha e não é porque gosto da marca que irei defender. Não sou a favor e nunca serei de algo absurdo assim", escreveu.

No entanto, a paraibana não falou sobre boicote à grife, o que não deixa claro se ela deixará de comprar os itens de luxo como peças de roupa, bolsas e acessórios.

Vale lembrar que a Balenciaga retirou a campanha do ar e se desculpou nas redes sociais ao dizer que iria tomar providências legais contra os responsáveis por criar o set do ensaio fotográfico.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.