Globo corta Regina Duarte de novela após demissão e crise com Bolsonaro

·1 minuto de leitura
Famous Brazilian novel actress, Regina Duarte, reacts during her inauguration ceremony as new Brazil`s Culture Secretary, at the Planalto Palace in Brasília, Brazil on March 4, 2020.  (Photo by Andre Borges/NurPhoto via Getty Images)
Regina Duarte (Foto: Andre Borges/NurPhoto via Getty Images)

Quem esperava rever a participação especial de Regina Duarte em "Pega Pega" ficou surpreso ao descobrir que ela foi cortada da trama, nesta segunda-feira (23).

Na primeira versão, a atriz aparece na telenovela apenas uma vez. Na época, ela foi convidada pela própria autora, Cláudia Souto, que abriu uma exceção ao escrever uma cena para Regina, após postado em suas redes sociais que era fã de “Pega Pega”.

Leia também:

No episódio, Regina interpreta ela mesma em uma festa promovida por Sabine (Irene Ravache). Ela também interage com o personagem Marcos Caruso dando conselhos.

"Meu querido amigo, o que eu posso te dizer? Com base na minha experiência de longos anos com teledramaturgia, uma hora esse roteiro dá uma virada. Você vai sair dessa, pode acreditar", dizia ela. No capítulo que foi ao ar, houve um corte direto para o fim da cena, quando Pedrinho (Marcos Caruso) flagra um beijo entre Sabine (Irene Ravache) e Adriano (Márcio Kieling).

A novela foi ao ar em 2017, ambientada pelos bairros do Rio de Janeiro, a trama principal fala sobre o roubo milionário ao tradicional hotel de luxo “Carioca Palace”, a cada episódio vai acontecendo os desdobramentos na vida de cada envolvido.

Regina foi demitida da Globo em fevereiro de 2020 para assumir o cargo de Secretaria da Cultura de Jair Bolsonaro (sem partido), por dois meses. Sua passagem pela administração foi cercada de polêmicas como o não envolvimento com financiamento que ajudasse financeiramente a classe artística.

Porém, seu ápice foi durante uma entrevista para “CNN Brasil”, quando a atriz diminuiu as mortes durante a Ditadura Militar e até cantou uma marchinha utilizada em propaganda do regime.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos