Gloria Perez se irrita com críticas à "Travessia": "Liga o tico e o teco"

Gloria Perez é a autora de
Gloria Perez se irrita com críticas a "Travessia": "Liga o tico e o teco" (Foto: Roberto Filho/Brazil News)

Gloria Perez está passando por poucas e boas desde a estreia de "Travessia", atual novela das 21h, que tem sofrido com críticas. Em suas redes sociais, a autora mostrou o seu descontentamento e discutiu com seguidores sobre algumas decisões tomadas na trama.

"Gloria Perez está mais perdida que cego em tiroteio, com todo o respeito. Eu acho que ela resolveu apostar todas as fichas no 'jogador mais caro', só que ela não pensou que nem sempre o 'jogador mais caro' é o que faz o gol da vitória", criticou um internauta.

A autora não ficou quieta e respondeu a crítica: "Quando a gente assiste novela olhando só um personagem, pra endeusar ou detonar, fica assim mesmo como eu vejo muita gente aqui: mais perdido que cego em tiroteio", escreveu.

Outra internauta afirmou que Glória "entrega um enredo que ninguém entende, sem pé nem cabeça": "Liga o tico e o teco que você acha rapidinho o pé e a cabeça", retrucou a autora. "Achar fraca é uma coisa, não entender, não enxergar o pé e a cabeça já é falha do tico e do teco", ainda debochou Glória. Confira:

"Travessia" pode ser substituída antes do previsto

Com baixos índices de audiência e repercussão negativa nas redes sociais, "Travessia" pode ser encerrada e substituída por "Terra Vermelha", próxima produção de Walcyr Carrasco, antes do previsto. Segundo informações do site Notícias da TV, a nova novela já está sendo produzida deste o início deste mês e tinha previsão de estreia para 10 de abril do próximo ano, com as filmagens começando em fevereiro.

Porém, com as mudanças, as gravações começariam no início de janeiro, já que os textos e escolha de locações estão em fase avançada. Ainda de acordo com o veículo, os números baixos de audiência já eram esperados por conta do período de eleições, podendo se estender até a Copa do Mundo e as festas de fim de ano.

Isso também já era esperado pela autora, que confessou, em conversa com a imprensa no lançamento de "Travessia", que o período eleitoral seria um dos maiores desafios a serem superados no lançamento: “As pessoas estão mais interessadas em ver sobre política que a novela. É uma época que tem o segundo turno das eleições, campeonatos de futebol, a Copa do Mundo”, explicou.