GM revela versão híbrida do Corvette nos EUA

Por Joseph White

DETROIT, Estados Unidos (Reuters) - A General Motors revelou nesta terça-feira uma versão híbrida do esportivo Corvette, E-Ray, uma brincadeira com o nome Stingray usado na versão a gasolina do carro que completou 70 anos de lançamento.

O Corvette E-Ray tem motor elétrico de 160 cavalos nas rodas dianteiras e motor a gasolina de 495 cavalos V8 nas traseiras, como em outros Corvettes. A GM afirmou que o sistema híbrido é capaz de acelerar o carro a 100 quilômetros por hora em 2,5 segundos, o que o torna o Corvette de produção mais rápido já feito.

O E-Ray também é capaz de operar no modo "stealth", apenas usando bateria, em curtas distâncias, disse a GM. O modelo é o primeiro Corvette equipado com tração integral, diferente dos outros modelos que têm tração traseira.

O E-Ray é um derivado do atual Corvette e não usa a versão mais recente de tecnologia de bateria da GM, Ultium, afirmaram executivos. Uma versão totalmente elétrica do carro está prevista, mas a companhia não disse para quando.

O Corvette E-Ray deve entrar em produção ainda neste ano e custar nos Estados Unidos a partir de 104.205 dólares.