Goiás é o segundo estado a iniciar a vacinação contra a Covid-19 no Brasil

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Governador Ronaldo Caiado, que é médico, aplicou a primeira vacina contra Covid-19 no estado. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera/Afiliada TV Globo)
Governador Ronaldo Caiado, que é médico, aplicou a primeira vacina contra Covid-19 no estado. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera/Afiliada TV Globo)

Goiás foi o segundo estado do país a iniciar a vacinação contra a Covid-19. Maria Conceição da Silva, de 73 anos, moradora de um abrigo de idosos, foi a primeira a ser imunizada em dose aplicada pelo próprio governador Ronaldo Caiado, que é médico.

O evento aconteceu na tarde desta segunda-feira (18) na unidade de saúde do Residencial Leblon, em Anápolis. Maria Conceição tem seis filhos e trabalhou como doméstica e gari.

“Não doeu nada. Esperei muito tempo por essa vacina. Eu estava ansiosa. Isso vai dar força para todas e todos. Quando todo mundo tiver imunizado, aí será alegria para mim. Enquanto não for, eu não tenho muita alegria. Não basta só eu, tem que ser todos”, afirmou ela, que é hipertensa.

A escolha da cidade de Anápolis, segundo Caiado, se deu porque a cidade recebeu os brasileiros repatriados de Wuhan, cidade epicentro da pandemia do novo coronavírus na China.

Leia também

A cidade recebeu cerca de 10 mil doses da CoronaVac, levadas em um caminhão refrigerado de Goiânia até Anápolis, onde ficarão guardadas na Vigilância Sanitária. Roberto Naves (PP), prefeito de Anápolis, disse que as demais doses serão aplicadas a partir de terça-feira (19).

Na manhã desta segunda, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, afirmou que a vacinação contra Covid-19 nos estados começaria às 17h. Contudo, após falhas na logística de distribuição, somente cinco estados e o Distrito Federal haviam recebido as doses da CoronaVac.

São eles: GO, MS, PI, RJ e SC.

Apesar disso, além de Goiás, somente São Paulo já começou a aplicar as doses, iniciada neste domingo (17).