Gol contra nos acréscimos dá vitória ao Fluminense em jogo morno contra o Cuiabá

·2 min de leitura

O sábado a noite não reservou lá um grande entretenimento para o torcedor do Fluminense que acompanhou a partida contra o Cuiabá, pela segunda rodada do Brasileirão. Mas valeu pela vitória suada. Na Arena Pantanal, no Mato Grosso, o técnico Abel Braga poupou jogadores e viu sua equipe vencer com um gol contra de Paulão nos instantes finais: 1 a 0.

A vitória é a primeira do tricolor em dois jogos na competição. O Flu dormiu na vice-liderança com os quatro pontos conquistados.

Abel iniciou a partida sem os titulares André, Cris Silva, Cano, Yago e David Braz. Destes, Cano, Yago e Cris foram acionados no segundo tempo, enquanto André e Braz nem sequer estiveram no banco, poupados pelo desgaste físico após a derrota para o Junior Barranquilla, na Colômbia, na última quarta-feira.

O Fluminense buscou exercer sua proposta de jogo: tocava a bola no meio em busca de espaços, enquanto o Cuiabá segurava suas linhas esperando oportunidade de sair no contra-ataque.

A melhor oportunidade do primeiro tempo foi num erro. O goleiro Walter fez um lançamento ruim e a bola parou nos pés de Ganso, que lançou para Fred. O camisa 9 por pouco não chegou a tempo de finalizar, em jogada interceptada a tempo pelo goleiro. O Flu ainda chegou duas vezes com Pineida, um dos poucos perigosos na primeira etapa.

No segundo tempo, os técnicos fizeram modificações e o jogo ganhou mais em chances claras. Em dois lances polêmicos, houve reclamações de pênaltis: um para o Fluminense, quando Ganso caiu em dividida na entrada da área com Igor Cariús — checado pelo VAR, que não recomendou qualquer marcação. Já no fim do jogo, foi a vez dos mato-grossenses reclamarem de um suposto toque de mão de Nonato dentro da área, lance que também não foi marcado.

O gol sairia na insistência, já no fim. Cano, que perdera boa oportunidade no início do segundo tempo, recebeu de Yago pela direita, nos acréscimos, e cruzou para a área. O zagueiro Paulão completou contra o próprio gol. Infelicidade do Cuiabá, missão cumprida para o tricolor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos