Goleiro 'dançarino' coloca Austrália na Copa do Mundo

Andrew Redmayne dançou e garantiu vaga da Austrália na Copa do Mundo (Foto: KARIM JAAFAR/AFP via Getty Images)
Andrew Redmayne dançou e garantiu vaga da Austrália na Copa do Mundo (Foto: KARIM JAAFAR/AFP via Getty Images)

A Austrália garantiu a penúltima vaga disponível na Copa do Mundo ao vencer o Peru nos pênaltis nesta segunda (13), em Doha, no Catar. O que chamou bastante a atenção foi a forma: trocando goleiros antes das cobranças e com uma atuação performática do reserva Andrew Redmayne, que irritou os jogadores peruanos e pegou a última cobrança.

Com menos de um minuto para o fim da prorrogação, a Austrália decidiu trocar goleiros. O titular Mat Ryan, bastante rodado no futebol europeu, deu lugar a Redmayne, de 33 anos e que saiu do país apenas para um período de treinos no Arsenal quando ainda tinha menos de 20 anos.

Leia também:

Logo na primeira cobrança, Redmayne já chamou bastante a atenção pela forma peculiar que tentava tirar a concentração dos jogadores peruanos. Além de se movimentar bastante em cima da linha, como outros goleiros fazem, ele começou a dançar, chegando até a ficar de costas para o batedor em determinados momentos.

A distração de Redmayne funcionou na terceira cobrança peruana, que Luis Advincula mandou na trave. Já nas cobranças alternadas, o dançarino virou herói ao pegar o chute de Alex Valera e garantir a vaga da Austrália na Copa do Mundo.

Só que as danças de Redmayne não são novidade. Em 2019, ele ajudou o Sydney FC a conquistar a A-Legue, o campeonato australiano, ao defender duas cobranças na decisão contra o Perth Glory.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos